A cidade Funchal - Bairro São Pedro

Rubricas[Fotos] [Apresentação] [Localização] [Visitas] [Cultura] [Informações práticas] [Outros assuntos]

[Assunto precedente] [Página inicial] [Assunto ascendente] [Assunto seguinte] [Via Gallica]

Página editada

ApresentaçãoApresentação

Apresentação geralGeneralidades

VisitasVisitas

Igreja de São Pedro
Sobre o pequeno lugar ao ângulo do calçada de Santa Clara, a modesta fachada da igreja Saint Pierre, erigida no fim do século X e renovado ao XVIIIe, dissimula uma nave magnífica bastante de um grande interesse: altares barrocos em madeira dourada, estátuas, estalas de mogno, de teto pinta em trompa- olho, azulejos azuis e brancos dispostos em figuras geométricos e pequena capela (nave lateral esquerda) com as suas duas tribunas laterais.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).. Clicar para ampliar a imagem.
Museu municipal
Antigo o palácio de São Pedro (XVIIIe século), situado de outro lado da encruzilhada, protege um aquário, a biblioteca da cidade, e o Museu municipal consagrado à história natural.

O aquário, ao rés-do-chão, é interessante: haverá espécies específicas aos fundos marinhos próximos de Madeira, incluindo tartarugas, e mesmo um tubarão. Ao primeiro andar, ocupado pela biblioteca, são apresentados dos mapas, as gravuras e os objectos relativos à história da ilha de Madeira.

O museu de História natural ocupa o segundo andar. Numerosos os animais gigantes que se vêem foram capturados fora as costas, nomeadamente uma risca cornue dita diabo de mar, cuja envergadura atingida 2 o Sr. a coleção compreende igualmente uma grande variedade de tubarões, magníficos peixes luas, delfins, cachalotes, vários esqueletos de lobo de mar, e importante uma seção ornitológica (pernaltas em especial).

Visitas dos segunda-feira a sábado de 10:00 à 20:00, 12:00 à 18:00 Domingo e dias feriados.

Entrada onerosa.

Igreja e Mosteiro de Santa Clara
. Clicar para ampliar a imagem.O duro calçada de Santa Clara escala num bairro muito mais calmo para o convento do mesmo nome e para o Quinta DAS Cruzes.

. Clicar para ampliar a imagem.O convento Sainte Claire foi fundado o ano da descoberta da América (1492) ao lugar da igreja erigida por Zarco, e aumentado ao XVIIe século. O grande navegador Zarco, découvreur da ilha de Madeira, reinstalação neste convento.

A rapariga découvreur de Madeira entrou ao convento dos clarisses, e Zarco fez por conseguinte prova de generosidade para com o convento, que atribui-lhe terras, nomeadamente “no Vale estreito do Nonnes” (ou antes, o cerco do Nonnes), Curral DAS Freiras. Aquando de um ataque de piratas franceses, os clarisses deste convento encontraram refúgio à Curral DAS Freiras.

. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
O campanário da igreja do mosteiro reconhece-se de longe graças ao seu curioso teto na forma de cúpula coberto de azulejos também preciosa que antiga.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem.
A capela é uma construção magnífica: após ter descido os cerca de degraus, descobre-se os muros inteiramente abrangidos de azulejos amarelos e azuis do XVIIe século, aos desenhos geométricos, entre os quais exemplares sévillans raros, bem como impressionantes grelhas basicamente da nave. Basicamente, no penumbra, superado de uma plataforma e apoiado por leões, encontra-se o túmulo gótico de Zarco sob enfeu gótico polylobé bastante em mau estado, e mémorial que lhe foi dedicado tem desaparecido por muito tempo.
. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
O túmulo situado basicamente da igreja é a de membros da sua família: as suas duas netas, fundadoras do antigo convento dos clarisses, são enterradas lá. Frises ornamentais de azulejos barrocos enquadram, dentro da igreja, o túmulo do genro de Zarco.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem.
O convento doravante é dirigido por irmãs franciscaines que houve um jardim de crianças.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
Quinta das Cruzes
Ver Quinta DAS Cruzes.
Forte do Pico
. Clicar para ampliar a imagem.A inclinação do calçada do Pico conduz ao Forte da PIC, chamada também Forte São João Baptista. Criado sob Philippe IV da Espanha entre 1620 e 1640 para reforçar o sistema de defesa da cidade Funchal contra os ataques frequentes dos piratas, encomenda o sítio da baía à 110 m de altitude. Os serviços da Marinha nacional e uma estação de rádio hoje é instalada lá. Contornando o Quinta DAS Cruzes pela pequena escoicinhou DAS Cruzes (à direita saindo), atinge-se rapidamente um mirante aos bancos de quadrados de faiança, onde pode-se observar o forte à lazer muito poupando-se a subida do calçada. À extremidade este escoicinhou DAS Cruzes, a pequena capela de São Paulo foi fundada por Zarco.

. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).O forte hoje é ocupado pelo exército português, mas uma sala foi arranjada em museu aberto todos os dias ao público.

Do mirante, retorna-se para o centro Funchal. Chegado escoicinhou da Carreira Prestana, tomar à esquerda e seguir a rua até ao praça do Municipio. Atravessa-se então um bairro popular rico em restaurantes.

. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).. Clicar para ampliar a imagem.
. Clicar para ampliar a imagem.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
Vista Funchal desde o Forte do Pico. Cliquer pour agrandir l'image.. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).
. Clicar para ampliar a imagem em Fotolia (novo guia).. Clicar para ampliar a imagem.

Outros assuntosOutros assuntos

Filiação do assunto
Assuntos mais detalhados
La quinta das Cruzes
Assuntos próximos
Mapa interativo da cidade de Funchal
A cidade Funchal - Bairro da Sé
A cidade Funchal - Bairro São Pedro
A cidade Funchal - Bairro Santa Maria
A cidade Funchal - Bairro Santa Luzia
A cidade Funchal - Bairro Santa Catalina
A cidade Funchal - Bairro do Lido
A aldeia de Monte
O sítio de Terreiro da Lutta
O jardim botânico
O jardim dos papagaios
O quinta do Palheiro
A aldeia de Caniço
A aldeia de São Gonçalo
A aldeia de São Martinho
A aldeia de Santo António
Assuntos mais largos
Página inicial
A cidade de Funchal
A cidade de Câmara de Lobos
A cidade de Ribeira Brava
A cidade de Ponta do Sol
[Assunto precedente] [Assunto ascendente] [Assunto seguinte] [Página inicial] [Madeira] [Via Gallica]
Buscar sobre este Sítio :
Buscar sobre a Tela :
Recomendar esta página :
Recomendar este sítio :
AlbanieAllemagneAngleterreArméniePays basqueBiélorussieBulgarieCatalogneCroatieDanemarkEspagneEstonieFinlandeFranceGalicePays de GallesGéorgieGrèceHongrieIrlandeIslandeItalieEmpire romainLettonieLithuanieMacédoineMalteNorvègePays-BasPolognePortugalRoumanieRussieSerbieSlovaquieSlovénieSuèdeTchéquieUkraïne
Se atingir este quadro diretamente, clicar nesta ligação para revelar os menus.